Economia » Rio de Janeiro
Crivella abre crédito suplementar de R$180 milhões

Deste montante, R$32,7 milhões vão para publicidade

10/02/2020 16h28

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, remanejou R$180,2 milhões, abrindo um crédito suplementar, através do decreto 47.108/2020. segundo Berenice Seara, colunista do Extra.

Em uma cidade que está enfrentando uma crise financeira sem precedentes, o prefeito destinou um acréscimo de R$32,7 milhões para publicidade oficial, em pleno ano eleitoral.

Já R$123 milhões foram para “encargos gerais do município”. E R$123 milhões para reserva na contingência.

Foram tirados R$45,9 milhões da infraestrutura. Já em uma cidade que sofre com alagamentos e desabamentos recorrentes, Crivella remanejou R$8,2 milhões da drenagem e R$29,2 milhões da conservação de logradouros.

O corte também atingiu áreas essenciais. A educação perdeu R$26, 5 milhões, a Fazenda R$19,7 milhões. Já a assistência social teve cortes de R$19 milhões, sendo que 14,9 milhões dos abrigos.

Jornalista formado pela UniverCidade, pós-graduado em Sociologia, Política e Cultura pela PUC-Rio. Formado em cinema pela New York Film Academy. Um liberal de direita que luta desde sempre pelos ideais que acredita.