Coronavírus » Rio Grande do Sul
COVID-19: Rosário do Sul decreta estado de calamidade pública

Município possui 06 casos suspeitos de contaminação por coronavírus. Outros 05 já foram descartados.

24/03/2020 09h44 - Por Leonardo Costa Pagel

Em consonância com a decretação de calamidade pública por parte dos Governos federal e estadual, como forma de conter o avanço do novo coronavírus no Brasil e no Rio Grande do Sul, a prefeita de Rosário do Sul, Zilase Jobim Argemi Rossignollo, determinou medidas de urgência para os próximos 07 dias. A Prefeitura vinha sendo cobrada por não decretar medidas mais restritivas.

Nos termos do Decreto municipal, estão proibidos:

  • Eventos e reuniões, de caráter público ou privado;
  • Funcionamento de estabelecimentos e serviços que não sejam essenciais – ressalvadas algumas hipóteses de serviços delivery -, além de regras para os serviços essenciais que permanecerão em funcionamento;
  • Expedição de alvarás;
  • Entrada no Município de linhas de transporte coletivo, público ou privado, de turismo;
  • Limitação da quantidade de produtos de saúde, higiene e alimentação vendidos para cada cliente, para evitar o esvaziamento de prateleiras

Embora o Município de Rosário do Sul ainda não tenha casos confirmados de contaminação por COVID-19, a Prefeitura foi questionada por não adotar medidas mais restritivas, haja vista o aumento do número de casos suspeitos, que excede a infraestrutura da cidade para lidar com mais de 05 casos positivos. Até o momento, 11 casos foram notificados e 05 foram descartados. Seguem pendentes de confirmação 06 casos suspeitos.