Coronavírus » Santa Catarina
Coronavírus: SC já tem 122 casos confirmados

Um infectado que estava em UTI recebeu alta

25/03/2020 19h32 - Por Alisson Kons

O governo de Santa Catarina atualizou na noite desta quarta-feira (25) os dados sobre os casos do novo coronavírus. O estado já tem 122 casos confirmados e 325 casos suspeitos. A última atualização, da noite de ontem, afirmava que eram 109 casos confirmados em Santa Catarina. Desses 122 casos, 53% são mulheres.

As cidades que não tinham e passaram a registrar casos confirmados foram: Camboriú, Balneário Arroio do Silva, Canelinha, São Ludgero e São Pedro de Alcântara. Florianópolis tinha 20 casos, mas agora tem 16, já que 4 casos foram realocados. Confira todos os casos confirmados de Santa Catarina (a Secretária de Saúde de Joinville anunciou a confirmação de mais dois casos que não entraram no cômputo do governador no dia de hoje):

• Florianópolis – 16 casos;
• Itajaí – 12 casos;
• Criciúma – 11 casos;
• Braço do Norte – 9 casos;
• Blumenau – 9 casos;
• Tubarão – 8 casos;
• Balneário Camboriú – 7 casos;
• São José – 5 casos;
• Joinville – 5 casos;
• Imbituba – 4 casos;
• Navegantes – 3 casos;
• Gravatal – 3 casos;
• Jaguaruna – 2 casos;
• Chapecó – 2 casos;
• Jaraguá do Sul – 2 casos;
• Porto Belo – 2 casos;
• Rancho Queimado – 2 casos;
• Camboriú – 2 casos;
• Içara – 1 caso;
• Laguna – 1 caso;
• Lages – 1 caso;
• Pomerode – 1 caso;
• Gaspar – 1 caso;
• Tijucas – 1 caso;
• Balneário Arroio do Silva – 1 caso;
• Canelinha – 1 caso;
• São Ludgero – 1 caso;
• São Pedro de Alcântara – 1 caso;
• Pessoas em outros estados: 5 casos; e
• Pessoas em outros países: 3.

Uma boa novidade veio de um dos pacientes que estava em tratamento na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), o paciente apresentou melhora e recebeu alta. Ainda não houve confirmação de morte no estado.

O governador Carlos Moisés (PSL) afirmou que essa semana é de extrema importância e que o isolamento social deve continuar:

“Esta semana é crucial, sem afrouxamento do governo para colhermos frutos do esforço. E a redução nos casos suspeitos é a prova cabal de que o que estamos promovendo aqui, é um freio de contágio. Temos certeza que as medidas vão salvar pessoas e ninguém tem menos valor ou é menos importante, por sua idade, condição física ou doença que tenha”, afirmou Moisés.

Fontes: NSC Total e Governo do estado