Mato Grosso
Coordenador do MBL se revolta com antecipação de salário dos vereadores de Cuiabá em meio a crise do coronavírus

Giorgio Aguiar desafiou os vereadores a economizar e destinar verbas para o combate a pandemia

20/03/2020 13h52

O coordenador jurídico do Movimento Brasil Livre em Mato Grosso, Giorgio Aguiar, condenou na manhã desta sexta-feira (20) a atitude da câmara municipal de Cuiabá de antecipar os salários dos vereadores em meio a uma crise relacionada ao coronavírus.

Para Giorgio, a câmara municipal agiu de forma irresponsável, já que a prioridade seria o combate a pandemia, não o bolso dos parlamentares.

Giorgio ainda desafiou os vereadores a economizar suas verbas indenizatórias e destinar os recursos para o financiamento das medidas de combate ao vírus: “se vão parar por alguns dias, é evidente que não haverá utilização da verba indenizatória por esses dias, porque então não destinam esse valor para a Secretaria Municipal de Saúde no combate ao Coronavírus?” questionou.

O coordenador do MBL ainda questionou as prioridades dos vereadores “Esses vereadores não pensam na população Cuiabana, só neles mesmo” finalizou.