fbpx
Anápolis » Cultura » Goiás
Câmara de Anápolis (GO) promove debate sobre o uso de espaços públicos por artistas

A discussão foi solicitada após um episódio onde um artista circense foi interrompido por policiais enquanto se apresentava em um parque da cidade.

28/10/2019 10h31

A Câmara Municipal do município de Anápolis, em Goiás, realizou audiência pública, no dia 24, para debater o uso dos espaços públicos de Anápolis para manifestações artísticas. Representantes do Poder Legislativo no Conselho Municipal de Cultura (CMC), os vereadores Lélio Alvarenga (PSC) e Professora Geli Sanches (PT) receberam a solicitação para que promovesse a discussão, por causa de um episódio ocorrido recentemente no Parque Ipiranga. Enquanto se apresentava no parque Ipiranga, um artista circense foi interrompido por policiais, pois segundo eles, não tinha a autorização para o ato.

O gerente de Licenciamento e Fiscalização Urbana da Prefeitura de Anápolis, Jeremias Vidal, defendeu o ordenamento do uso do espaço público. Ele explicou que a proposta não passa em nenhum momento pela proibição, mas sim que possa ser criado um protocolo de comunicação do artista aos órgãos competentes.

Os artistas rechaçaram a ideia de burocratizar uma simples apresentação e questionaram a necessidade de envio de ofício quando se busca apenas “abrir uma roda” na praça ou parque, para um teatro de bonecos, número de circo ou apresentação musical.

Aline Rodrigues de Sousa, a Nina, fotógrafa e artista de rua, contou que esteve em vários lugares do mundo, se apresentando ou assistindo apresentações, mas que infelizmente acabou sendo barrada em Anápolis, cidade onde nasceu.

O presidente do CMC, Luiz Sérgio Fragelli, alertou para o fato de o artista viver uma situação de marginalização no Brasil atualmente, e cobrou das autoridades que Anápolis não faça parte desse processo negativo para toda a sociedade.

Presente na reunião, o diretor do Observatório de Segurança Pública, Carlos Antonio Costa, disse que o pedido dos artistas era mais do que justo, alegou que a valorização da cultura sempre foi uma das prioridades da gestão atual, e propôs uma reunião com mais órgãos, visando um entendimento quanto ao uso dos espaços públicos.

Contém informações do site da Câmara Municipal de Anápolis.

Química Industrial, Tatuadora, Desenhista, Cristã Reformada e aspirante a Teóloga.