fbpx
Goiás
Caiado é transferido para o Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo

O governador de Goiás foi internado em Goiânia após fortes dores no peito. Segundo a assessoria, ele passou por um cateterismo e foi descartado o infarto, porém a família preferiu fazer novos exames no Sírio-Libanês.

10/10/2019 08h00

Após sentir fortes dores no peito e ter sido internado no Hospital do Coração, em Goiânia, o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), foi transferido na noite desta quarta-feira (9) para o Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. A informação é da Secretaria de Comunicação do estado de Goiás.

De acordo com a assessoria de imprensa, Caiado passou por uma avaliação médica e exames, que descartaram infarto. Entre os procedimentos foi realizado um cateterismo, que é quando um fino cateter é inserido na artéria da perna ou pulso até o coração para examinar a possibilidade de obstrução das coronárias ou avaliar arritmias. Foi constatado que Caiado está com todos os sinais vitais normais, porém a família optou pela transferência de unidade para que ele realize uma nova bateria de exames.

No Sírio-Libanês, Caiado ficará aos cuidados da Dr. Ludhmila Abrão Hajjar, médica anapolina (mesma naturalidade do governador). Ela é uma das melhores cardiologistas do país e acompanha Caiado há mais de dez anos.

Química Industrial, Tatuadora, Desenhista, Cristã Reformada e aspirante a Teóloga.