Meio Ambiente » Rio de Janeiro
Biólogo alerta: Água do Piscinão de Ramos não está própria para banho

Era possível ver lixo e água turva no local na manhã desta quinta-feira

09/01/2020 10h49 - Por Anthony Heimlich

O biólogo Mário Moscatelli, palestrante da segunda conferência do ciclo “O Brasil em 2050”, alerta sobre problemas relacionados a qualidade da água do Piscinão de Ramos, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Na manhã desta quinta-feira, dia 9, era possível ver lixo e água bastante turva no local.

O local é uma das principais áreas de lazer da Zona Norte, e de acordo com o Inea (Instituto Estadual do Ambiente), no ano passado 18 boletins sobre as condições de balneabilidade foram realizados, e em nenhum desses boletins, o Piscinão apareceu na lista dos locais adequados para banho.

Segundo o G1, a fundação Rio Água responsável pelo controle de enchentes e pela qualidade da água do Piscinão, informa que a estação de tratamento do Piscinão de Ramos se mantem operando 24 horas por dia e que, com a ocorrência de chuvas, a cor da água pode ser alterada.

A fundação informou também que os níveis de cloro residual permanecem inalterados, estando mantidas as condições de balneabilidade.