Goiás
Base Aérea de Anápolis recebe inspeção do Governo Federal para instalação da quarentena

Ainda hoje um avião da FAB deve buscar cerca de 40 brasileiros que estão em Wuhan, na China. Eles deverão passar por um período de 15 dias em quarentena no Brasil.

04/02/2020 10h52

Considerada uma das maiores bases aéreas do Brasil ala dois em Anápolis, recebe na manhã desta terça-feira (4) uma inspeção do Governo Federal que avaliará as condições do local para abrigar uma quarentena.

Ainda não se sabe quantas horas duraram os trabalhos da comitiva em solo goiano. É esperado também que Jair Bolsonaro receba ao longo do dia o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), e o prefeito de Anápolis, Roberto Naves (PP).

Ainda hoje um avião da FAB deve buscar cerca de 40 brasileiros que estão em Wuhan, na China, epicentro do coronavírus. Todos eles deverão passar por um período de 15 dias em quarentena no Brasil.

Se ficarem na Ala 2 da Base Aérea de Anápolis, e apenas se for necessário, nenhum deles serão atendidos em unidades de saúde de Anápolis. O mais provável que o hospital de base em Brasília, também seja preparado para essa eventualidade.

Em coletiva de imprensa nesta segunda-feira (3), O prefeito de Anápolis Roberto Naves Garantiu que a população não irá ficar vulnerável. “Desses brasileiros que estavam na China, qualquer um deles que apresentar sintomas não sairão da China. Só sairá os brasileiros que não apresentam sintomas, portanto não pacientes”, informou.

Gostaríamos de tranquilizar a todos da cidade de Anápolis. Essas pessoas não irão transitar pela cidade, não utilizaram o Sistema Único de Saúde (SUS) da cidade”, disse o prefeito. “Caso haja necessidade de tratamento, ele será 100% oferecido pelo governo federal e o hospital de base de Brasília.”

Química Industrial, Tatuadora, Desenhista, Cristã Reformada e aspirante a Teóloga.