Bahia
Aras pede ao STF que dinheiro nas malas de Geddel seja usado no combate ao Covid-19

Pedido foi enviado ao ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF. Malas foram encontradas durante uma operação da PF em 2017.

26/03/2020 15h33 - Por Alfredinho Lessa

O procurador-geral da República, Augusto Aras, enviou ofício ao STF (Supremo Tribunal Federal) para que os R$ 51 milhões apreendidos no bunker do ex-ministro Geddel Vieira Lima em 2017 seja utilizado na compra de equipamentos e materiais médicos para combater os efeitos da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

“tendo em vista a crise na saúde pública decorrente da pandemia vivenciada, o caráter fungível dos valores pecuniários apreendidos, bem como a orientação para o emprego de recursos obtidos a partir de condenações penais no combate à doença, vislumbra-se a possibilidade de se destinar, desde logo, os valores apreendidos no endereço vinculado aos réus à aquisição de materiais e equipamentos médicos”, afirma Aras