fbpx
MBL-Goiás
Algumas das ações realizadas pelo MBL-GO no mês de setembro

O Movimento não recebe um centavo de dinheiro público. Todo trabalho apresentado é resultado da contribuição voluntária de cada coordenador, líder, membro e apoiador.

01/10/2019 12h02

Além de todo aquele trabalho de formiguinha realizados pelo MBL-GO que inclui por exemplo, fiscalizar e criticar quando necessário o trabalho do legislativo e executivo local, deixaremos abaixo algumas das ações que foram realizadas pelos nossos coordenadores, líderes, membros e apoiadores no decorrer do mês de setembro aqui no estado de Goiás.

Vamos lá?

No dia 13 de Agosto, fomos até a Assembleia Legislativa do Estado de Goiás a convite do Deputado Thiago Albernaz (SOLIDARIEDADE). O mesmo protocolou o Projeto de Lei n° 849/2019 que foi elaborado por um dos líderes do MBL-GO, o Advogado Victor Hugo Pereira, que institui o Código de defesa do Empreendedor e estabelece normas de proteção à livre iniciativa e ao livre exercício da atividade econômica no Estado de Goiás. Com o passar do tempo e a medida com que formos sendo atualizados sobre a tramitação do mesmo na casa, faremos questão de notificá-los. Aliás, uma matéria já havia sido publicada neste mesmo site sobre o projeto, caso queira ler, basta clicar aqui. 

No dia 20, o MBL-GO foi em Brasília, na Capital Federal, a convite do deputado Federal, Kim Kataguiri (DEM-SP) para participar de um evento que foi conduzido e idealizado não só pelo deputado mas também pelo coordenador municipal de São José do Rio Preto- SP e também assessor parlamentar, Warlen Miiller e pelo núcleo estadual do MBL-SP. A proposta inicial foi de municipalizar o debate dando voz a lideres do Movimento Brasil Livre de várias cidades do país.

Em uma comissão presidida pelo então deputado já citado, nosso estado de Goiás pode ser representado por um dos líderes do MBL-GO, o Advogado Pedro Feldon de Goiânia e um dos coordenadores municipais, Cristiano Mello de Goianésia-GO. Ambos apresentaram e sinalizaram algumas das principais demandas de suas respectivas cidades assim como todos que lá se fizeram presente. Durante a sessão, uma live foi feita através da página nacional do Movimento Brasil Livre onde você pode acompanhar na integra.

No dia 24, o Movimento Brasil Livre juntamente com seus coordenadores, líderes, membros e apoiadores de aproximadamente 40 núcleos, foram às ruas de suas respectivas cidades com o objetivo de realizarem atos favoráveis a implantação de uma CPI que investigue a alta cúpula do judiciário Brasileiro, apelidada de CPI da LAVA TOGA.

Em Goiânia, ato foi realizado em frente ao prédio da Justiça Federal. Manifestante proferiram palavras de ordens de forma verbal e escrita através de cartazes. Logo após, os mesmos fizeram o que chamaram de “lavação simbólica” de togas, representando justamente aquilo que esperam que seja feito por parte dos senadores e por iniciativa do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP).

View this post on Instagram

#lavatoga #mbl #goias

A post shared by Movimento Brasil Livre – Goiás (@mblivrego) on

Dentre essas e outras ações, podemos citar as participações do Victor Hugo, todas às sextas em uma das rádios de maior alcance em Goiás, a rádio Interativa FM. Confira abaixo, um trecho de uma de suas várias participações:

View this post on Instagram

Assistam!

A post shared by Movimento Brasil Livre – Goiás (@mblivrego) on

Por último e não menos importante, quero ressaltar que divulgamos ontem, 30, em nossas redes sociais, uma campanha, convidando não só nossos membros e apoiadores, mas todos que nos acompanham a estarem participando de uma ação que envolve ajudar vidas com doação de sangue e isso acontecerá no dia 4 de Outubro. Caso more em Goiânia e tenha disponibilidade para estar nos ajudando nesta campanha do bem, basta comparecer no HONCORD às 8h30, na próxima sexta. O mesmo fica localizado no seguinte indereço: R. T-35, 1941, Q.97, St Bueno, Goiânia-GO.

 Então, de uma maneira um tanto quanto que resumida, foi isso que o pessoal do MBL-GO andou aprontando durante o mês de setembro. Vale lembrar que, não existe uma agenda definida a longo prazo, uma vez que política é momento e o que pode funcionar hoje ou aqui, talvez não funcione amanhã ou acolá, mas não se preocupem, sempre que precisar, o movimento lá estará. 

Quer fazer parte? Preencha o nosso formulário clicando aqui que alguém irá entrar em contato com você o quanto antes, ou então, pode clicar aqui e deixar sua colaboração. O Movimento não é financiado com dinheiro público, logo, toda ajuda é bem-vinda. 


Da terra do pequi, 26 anos, professora, coordenadora do MBL-GO, liberal convicta e entusiasta política. Nas horas vagas: canto, bordo, faço crochê e viajo na maionese.