Alego » Goiás » Reforma da Previdência
Alego recorre contra liminar que impede efeitos da PEC da Previdência estadual de Goiás

Para o presidente da Alego, deputado Lissauer Vieira, argumento é de que regimento não foi atropelado.

07/01/2020 11h13

A Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego) recorreu na manhã desta terça-feira (7) à liminar que tenta impedir os efeitos da Emenda Constitucional da reforma da Previdência estadual — aprovada pela Alego no fim de 2019. A informação é do presidente da Casa, deputado Lissauer Vieira (PSB). “Nós não passamos por cima do regimento”, diz o parlamentar.

Segundo o Jornal Opção, Lissauer informou que as questões técnicas de ordens de assinatura embasaram os argumentos para recorrer à ação de autoria do deputado Cláudio Meirelles (PTC) e assinada pela juíza Anelise Beber Rinaldin.

Química Industrial, Tatuadora, Desenhista, Cristã Reformada e aspirante a Teóloga.