Kaique Dionísio
Um carioca genuíno em meio a tantos paulistas. Escrevo textos mais longos para o @midiainsurgere.
Queiroga terá que depor de novo na CPI da Covid
Ninguém acreditou nas lorotas de Queiroga na CPI e senadores querem obriga-lo a depor novamente; entenda

Para resumir: "O ministro será chamado, naturalmente, porque tudo aquilo que ele está mostrando, o governo está indo na contramão do que ele disse. Não sou eu que estou me contradizendo. Quem está se contradizendo nas atitudes é o próprio Queiroga". Frase de Omar Aziz, presidente da CPI da Covid.

"O que mais nós perguntamos para o [ex-ministro] Teich e para ele [Queiroga] foi: 'Qual o planejamento que os ministros que antecederam ele deixaram?'. Ele não sabia dizer porque estava só há 40 dias lá. Talvez, agora, ele consiga nos dizer o que, de fato, encontrou no ministério. Ele tem que dizer. Ele não falou", acrescentou o presidente da CPI.

As oito horas de Queiroga na CPI são pouco aproveitáveis. Senadores, como escrevi aqui exaustivamente, se irritaram com o fato de Queiroga ter evitado responder perguntas sobre alguns temas.

Para que Queiroga compareça novamente à comissão, um integrante da CPI deve apresentar um requerimento, e o plenário deve votá-lo e aprová-lo. Se aprovada nova convocação, Queiroga será obrigado a comparecer a uma sessão, em data a ser definida.

Você está sendo roubado! O sistema usa o seu dinheiro, abusa de privilégios e cria leis para se blindar. O MBL vai na contramão desse sistema, lutando contra o Foro Privilegiado, Fundão e na defesa da prisão em segunda Instância e reformas. A batalha é desequilibrada, nós só podemos contar com você. Doe para o MBL clicando aqui.
continua em outra matéria