Kaique Dionísio
Um carioca genuíno em meio a tantos paulistas. Escrevo textos mais longos para o @midiainsurgere.
Presidente da CPI da Covid quer que médicos que defendem a cloroquina sejam investigados na CPI
Vai dar ruim para defensores de medicamento sem comprovação científica

Depois de o senador Otto Alencar ter falado longamente sobre questões médicas - e perigosas - envolvendo a pandemia da Covid-19, o presidente da CPI, Omar Aziz, avançou dizendo que deveriam ser convocados os médicos que defendem o "tratamento precoce" com cloroquina.

"A medicação hidroxicloroquina, sendo receitada para o Brasil inteiro é, na minha opinião, uma grande irresponsabilidade! Seja por médico, por curioso, por presidente da República, por quem quer que seja! Meu amigo, no município de Ilhéus, na Bahia, perdeu a vida por conta da hidroxicloroquina!", diz Otto Alencar.

O senador Alencar, que também é médico - embora sorfa bullying por ser ortopedista -, atenta para a tentativa de se mudar a bula de hidroxicloroquina para que fosse recomendada para o tratamento da Covid e pergunta se Mandetta sabe quem foi o responsável pelo pedido.

Omar Aziz, presidente da CPI, pergunta se "aqueles médicos que prescreveram cloroquina após estudos que comprovam que cloroquina não salva e que causa efeitos colaterais, devem ser responsabilizados por isso? Estou pedindo para vir médicos aqui que defendem a cloroquina, porque queremos saber quantos pacientes são salvos ou não e os efeitos colaterais para que sejam responsabilizados os que prescreveram o medicamento".

Você está sendo roubado! O sistema usa o seu dinheiro, abusa de privilégios e cria leis para se blindar. O MBL vai na contramão desse sistema, lutando contra o Foro Privilegiado, Fundão e na defesa da prisão em segunda Instância e reformas. A batalha é desequilibrada, nós só podemos contar com você. Doe para o MBL clicando aqui.
continua em outra matéria