Kaique Dionísio
Um carioca genuíno em meio a tantos paulistas. Escrevo textos mais longos para o @midiainsurgere.
Nazismo na CPI da Covid
"Enaltecendo Hitler, apresentando-se como salvadores da Pátria, enquanto a história provou que faziam parte de uma máquina da Morte."

Renan Calheiros, relator da CPI da Covid, começa seu discurso sinal de inquirição comentando sobre o tribunal de Nuremberg. A comissão colhe hoje o depoimento de Mayra Pinheiro, a capitã cloroquina.

"No decurso do julgamento, o acusado exibiu filmes dos campos de concentração nazista e de outras atrocidades. Todos os presentes acharam as imagens chocantes, incluindo ele afirmou que os filmes de vídeos são falsos, mas ninguém acreditou. Testemunhas […] tentaram descrever a personalidade […] como pacífica e moderada, Milk referiu que era impossível opor-se à Hitler, desobedecer as suas ordens ou, se fizesse, seria executado. alguém da sua própria família quando testemunhou a seu favor agora me dispensou a sua lealdade para com Rita e insistiu que não sabia nada sobre o que tinha acontecido".

E continuou, respondendo ao senador Fernando Bezerra, que interrompeu a fala do relator.

"Não podemos dizer, por isso não há prejulgamento, não podemos dizer que ocorreu um genocídio, não podemos dizer ainda mas podemos dizer, sim, que há uma semelhança assustadora, uma semelhança terrível, uma semelhança tenebrosa, uma semelhança perturbadora no comportamento de algumas altas autoridades que testemunharam aqui na CPI e o relato que acabei de ler sobre um dos marechais do nazismo no tribunal de Nuremberg."

"Tudo enaltecendo Hitler, apresentando-se como salvadores da Pátria, enquanto a história provou que faziam parte de uma máquina da Morte."

Flávio Rachadinha, claro, interrompeu o relator Renan Calheiros, chamando-o de "louco".

Você está sendo roubado! O sistema usa o seu dinheiro, abusa de privilégios e cria leis para se blindar. O MBL vai na contramão desse sistema, lutando contra o Foro Privilegiado, Fundão e na defesa da prisão em segunda Instância e reformas. A batalha é desequilibrada, nós só podemos contar com você. Doe para o MBL clicando aqui.
continua em outra matéria