Kaique Dionísio
Um carioca genuíno em meio a tantos paulistas. Escrevo textos mais longos para o @midiainsurgere.
Confusão no STF: Gilmar e Barroso batem boca no Supremo
"Vossa excelência sentou no processo por dois anos! Manipulou e acha que pode ditar regra!

"Vossa excelência sentou no processo por dois anos!", Bateu Roberto Barroso. "Vossa excelência manipulou a jurisdição e acha que pode ditar regra pros outros!"

Gilmar respondeu: "Vossa excelência perdeu!"

“O processo estava sob minha vista. Não cabia ao relator pedir adiamento. Portanto, cabia a mim colocar o processo para julgamento”, disse Gilmar Mendes.

Luís Roberto Barroso pediu a palavra e disse que, se havia uma divergência entre Edson Fachin e a Segunda Turma sobre o julgamento, caberia ao plenário resolver.

“Se os dois órgãos têm o mesmo nível hierárquico, um não pode atropelar o outro”, disse Barroso.

“Talvez isso no Código do Russo”, rebateu Gilmar Mendes, referindo-se a Moro.

“Não, isso existe no código do bom senso”, respondeu Barroso. “Vossa Excelência sentou no processo durante dois anos e depois se sente no direito de ditar regra para os outros”, disse depois.

Antes, o ringue se fez entre Barroso e Lewandoski. Relembre:

"Vossa excelência sempre quer trazer a questão da corrupção. Como ser quem vota contra estivesse a favor da corrupção. Mas a Lava Jato adotou atitudes absolutamente incompatíveis com o estado democrático de direito", disse Lewandowski.

"E quero dizer mais: as mensagens não constituíram meros pecadilhos. Juiz que indica testemunha para a acusação não me parece pecadilho. A combinação para atos processuais não me parece pecadilho", continuou.

Barroso rebateu: Barroso rebateu: "eu pensei que vossa excelência fosse garantista. Mensagem ilícita é produto de crime. Então o crime compensa para vossa excelência."

Fux cassou a palavra dos colegas.

Você está sendo roubado! O sistema usa o seu dinheiro, abusa de privilégios e cria leis para se blindar. O MBL vai na contramão desse sistema, lutando contra o Foro Privilegiado, Fundão e na defesa da prisão em segunda Instância e reformas. A batalha é desequilibrada, nós só podemos contar com você. Doe para o MBL clicando aqui.
continua em outra matéria