Kaique Dionísio
Um carioca genuíno em meio a tantos paulistas. Escrevo textos mais longos para o @midiainsurgere.
Bolsonaro leva "facada" do Centrão
Bolsonaro não esperava por essa! O Centrão está passando a cobrar mais caro e admitem que o governo está um DESASTRE! Confira

Imagino a letra que o bamba do partido alto, Bezerra da Silva, escreveria para uma "aliança" da espécie Ciro Nogueira e Jair Bolsonaro. O malandro carioca não deixaria passar tamanha "sinceridade". Vejam o que disse Ciro Nogueira, senador aliado e com carteirinha do Palácio do Planalto…

“Hoje, se você faz uma pesquisa de opinião, o governo não tem uma imagem positiva na pandemia. Essa mesma imagem se reflete na intenção de voto. É mais ou menos a mesma coisa”, disse a espécie.

E teve coragem de cravar: “Hoje o presidente tem minoria, mas tenho certeza que vai chegar com a maioria no próximo ano. Não é a CPI que determina isso”. Inaugurar orelhão é coisa do passado. O que dá votos hoje é inaugurar posto de wi-fi. E ponte de 18 metros feita de madeira. Digo mais: os pedreiros daqui do bairro fazem melhor.

“Já existe uma percepção de que a pessoa tem direito à reeleição. Isso já está no sentimento [da população]. Para a pessoa não ser reeleita tem que estar um desastre. Hoje, ele [Bolsonaro] não seria reeleito, mas no próximo ano a perspectiva é muito boa”, acrescentou.

Atentem-se, malandragem: "para não ser reeleita tem que estar um desastre; hoje, Bolsonaro não seria reeleito". Ora, vejam só!, ninguém imaginaria que um cenário com quase 500 mil mortos seria um desastre, não é? Está na hora de o Centrão corrigir os honorários para cobrar mais caro. "Com juros e correção monetária", pois sabemos, agora, que não é só o bolsonarismo que toma conta das ruas: lulopetismo, bolsonarismo e, claro!, o vírus. É o livre mercado. O saldão nós veremos.

"Tenho carinho enorme pelo Lula", disse o senador estratégico do centrão-Bolsonaro na mesma entrevista ao Valor Econômico. Pois é. Bezerra da Silva jogaria um garfo para Jair Bolsonaro. Sempre foste pra mim bom amigo / Mas pra malandragem foste um vacilão! / Morreu e agora tu vais pro inferno / Estás condenado, não tens salvação! / Vou botar no bolso do teu terno / Um garfo pra tu não chegar lá na mão!

Você está sendo roubado! O sistema usa o seu dinheiro, abusa de privilégios e cria leis para se blindar. O MBL vai na contramão desse sistema, lutando contra o Foro Privilegiado, Fundão e na defesa da prisão em segunda Instância e reformas. A batalha é desequilibrada, nós só podemos contar com você. Doe para o MBL clicando aqui.
continua em outra matéria