Kaique Dionísio
Um carioca genuíno em meio a tantos paulistas. Escrevo textos mais longos para o @midiainsurgere.
Bananinha admite: "não temos como comprovar que houve fraude nas urnas"
Jair Bolsonaro disse que há fraude, mas Dudu Bananinha sabe que não há como comprovar e diz isso em sessão AO VIVO; assista ao vídeo

Durante uma reunião da comissão especial que analisa o voto impresso na Câmara dos deputados nesta segunda-feira, Eduardo Bananinha, o 03 de Bolsonaro, diz que que não há como comprovar que houve fraude nas urnas, que segundo ele não são auditáveis."

Mas Jair, em março do ano passado - há mais de um ano, portanto - afirmou ter provas que mostram que ele foi eleito primeiro turno em 2018. “No meu entender, houve fraude”, ressaltou Bolsonaro durante uma entrevista em Miami. Até hoje, no entanto, as tais “provas” nunca foram apresentadas.

“O que a gente fica infeliz, insatisfeito, é porque que… como que até hoje a gente não tem uma maneira de auditar as nossas urnas? Porque da mesma maneira que nós não temos como comprovar que houve fraude, o outro lado também não tem como comprovar que não houve fraude. E é isso que a gente quer colocar um ponto final aqui”, declarou o deputado, que ainda citou a adoção do voto impresso pelo Paraguai como um exemplo para o Brasil.

Assista ao vídeo abaixo:

Você está sendo roubado! O sistema usa o seu dinheiro, abusa de privilégios e cria leis para se blindar. O MBL vai na contramão desse sistema, lutando contra o Foro Privilegiado, Fundão e na defesa da prisão em segunda Instância e reformas. A batalha é desequilibrada, nós só podemos contar com você. Doe para o MBL clicando aqui.
continua em outra matéria