Israel Russo
Jornalista e professor de filosofia.
Aos amigos a Constituição, aos inimigos o AI-5
A confusão institucional brasileira é tão incoerente que exige a adaptação de conceitos da filosofia política

Citar Nicolau Maquiavel nos dias atuais é uma tarefa difícil, a confusão institucional em que se encontra o país fazem muitos conceitos da tradição da filosofia política ficarem inadequados a nossa realidade. Portanto, vamos adaptálos: "aos amigos a Constituição, aos inimigos o AI-5".

Bolsonaro manifestação ok
Bolsonaro manifestação ok

É consenso entre os membros do MBL e juristas do movimento que o inquérito das Fake News aberto pelo presidente do STF, Dias Toffoli e com relatoria do ministro Alexandre Moraes é inconstitucional.

Eu mesmo usei esse veículo na época em que o inquérito censurou a Revista Crusoé e Antagonista por terem publicado uma matéria que citava Toffoli como "amigo do amigo do meu pai". Podem conferir um dos textos em que classifico como censura aqui.

O INQ nº 4.781 transforma o STF em um poder investigador e julgador com jurisdição em todo o país. Enquanto atingia somente a Crusoé e Antagonista, a AGU (advocacia-geral da União) e o PGR (procurador-geral da República) foram coniventes com a ação.

O que nos deixa incrédulos é que os mesmos que levantam a bandeira do AI-5, citam o art. 142 de forma indébita ou apoiam golpe de Estado, hoje estão invocando a Carta Magna para se opor a operação da PF que fez busca e apreensão na casa de diversos bolsonaristas.

Isso demonstra o quanto são abjetos e usam o que se encaixar melhor em suas narrativas. Ainda não entenderam algo fundamental na República, a carta de 1988 vale para todos e ninguém está acima da lei.

continua em outra matéria