Elso Junior
Membro do MBL-RR, Ex-Presidente do DCE-UFRR, Ex-Vice Presidente da UEE-RR; Apaixonado por esportes e especialista em cultura inútil
Bolsonaro quer imitar Venezuela
Militar assumindo Petrolífera não é novidade na América do Sul.

Muitos se perguntam como a Venezuela chegou onde chegou. A resposta não é simples; barreiras econômicas, problemas fiscais e uma economia fortemente atrelada ao petróleo podem ser citados.

Certamente um dos pontos fundamentais na destruição de nossa vizinha foi a militarização da PDVSA. A petrolífera venezuelana era uma estatal que tinha lucros astronômicos, e tais lucros sustentavam o subsidio de produtos de consumo para os venezuelanos. Da energia ao frango, a empresa ajudava a pagar sua conta.

Quando Hugo Chaves assumiu o poder sabia que o exército seria fundamental para manter seu autoritarismo vigente. Então começou a nomear dezenas de militares para cargos estratégicos na estatal. O aumento salarial contentava as forças armadas e dava prejuízos à estatal.

Por fim, de tanto saquearem a PDVSA acabou quebrando e com ela boa parte da economia venezuelana; levando à desvalorização da moeda e quebra completa da economia dos subsídios que sustentavam nossa vizinha. Bolsonaro já começou seu lote de nomeações, vamos ver até aonde a Petrobras aguenta.

Gostou do texto? Me siga no Instagram, sugira pautas, participe comigo! Clique aqui!
Entre também no grupo de whats do meu blog. Vem de zap!

Você está sendo roubado! O sistema usa o seu dinheiro, abusa de privilégios e cria leis para se blindar. O MBL vai na contramão desse sistema, lutando contra o Foro Privilegiado, Fundão e na defesa da prisão em segunda Instância e reformas. A batalha é desequilibrada, nós só podemos contar com você. Doe para o MBL clicando aqui.
continua em outra matéria