Daniel José
Deputado na Alesp, economista pelo Insper e mestre em Relações Internacionais.
Impactos do fechamento prolongado das escolas
Dois terços das necessidades nutricionais das crianças são supridas pela escola nos EUA

As escolas estão fechadas em quase todo o Brasil há mais de 5 meses. 

Escola Pública de Brasília
Escola Pública de Brasília

Há diversas evidências que mostram os impactos desse longo fechamento das escolas sobre a vida futura desses alunos que são impactados agora. Acredite: 40 anos depois o impacto ainda é sentido!

Os estudos pré-pandemia de COVID-19

Um estudo comparou indivíduos da Áustria e Alemanha com outros da Suiça e Suécia quando tinham apenas 10 anos, e que foram impactados pelo fechamento de escolas na Segunda Guerra Mundial. 40 anos depois, esses indivíduos austríacos e alemães ainda tinham salários menores, resultado da perda educacional sofrida no período da guerra.

O furacão Katrina devastou Nova Orleans em 2005, e forçou o fechamento das escolas durante 2 meses. Um estudo mostrou que foram necessários 2 anos completos para compensar o aprendizado perdido, trabalhando questões técnicas e principalmente emocionais com os alunos.

Casos de incêndios florestais na Austrália provocaram o fechamento das escolas por lá em 2009. Crianças das áreas afetadas e que foram privadas da educação presencial tiveram desempenho pior do que as que não foram atingidas, nos testes de alfabetização durante anos após o evento.

Outras pesquisas mostraram que no surto de Ebola em 2015, alguns anos atrás em países africanos, resultaram em aumento nos casos de gravidez infantil, como foi o caso em Serra Leoa. Abandono escolar e violência infantil também aumentaram, movimento semelhante ao que já está ocorrendo aqui no Brasil.

Os estudos atuais confirmam as previsões

Outro estudo mostrou que o tempo de aula perdido agora na pandemia terá impacto na educação e nas habilidades dos alunos, tanto técnicas quanto socioemocionais, e que estarão menos preparados para o mercado de trabalho, resultando em uma perda salarial de até 3% no futuro.

Há efeitos ainda na nutrição. Dois terços das necessidades nutricionais das crianças são supridas pela escola nos EUA. Alimentação inadequada ou insuficiente em um período longo pode ocasionar diversos problemas de saúde no futuro, como redução na imunidade e obesidade.

Por isso é tão importante fazer uma discussão séria sobre a data de retorno às aulas, balanceando os cuidados sanitários necessários e os efeitos negativos que as escolas fechadas provocam. Mesmo que a gente não veja agora, a conta do longo fechamento das escolas vem e é bem alta.

Você está sendo roubado! O sistema usa o seu dinheiro, abusa de privilégios e cria leis para se blindar. O MBL vai na contramão desse sistema, lutando contra o Foro Privilegiado, Fundão e na defesa da prisão em segunda Instância e reformas. A batalha é desequilibrada, nós só podemos contar com você. Doe para o MBL clicando aqui.
continua em outra matéria