fbpx
BR-319 » Missão MBL
Missão BR-319: O povo feliz de um Amazonas triste.

Os dias costumam ser lentos quando precisa-se caminhar aproximadamente 30 km por dia. Chegamos até a metade

23/08/2019 11h14

Os dias costumam ser lentos quando precisa-se caminhar aproximadamente 30 km por dia. Chegamos até a metade do caminho, passaram-se cerca de 11 dias desde aquela tarde que saímos de Humaitá, jamais imaginaríamos que seria tão difícil como tem sido. Ao mesmo tempo que sentimos todos os desconfortos possíveis, como  já dito anteriormente, muitas têm sido as confrontações com a realidade do nosso querido estado do Amazonas.

Evidentemente entendemos que o Amazonas tem muitos problemas, insegurança, pobreza, desemprego, corrupção etc. A reflexão que fazemos caminhando pela BR-319 é que, a nossa integração com o Brasil poderia pelo menos amenizar alguns dos problemas desses que temos hoje, é impossível de imaginar o que 30 anos de integração poderiam ter ajudado nosso estado. É muito triste tudo isso, realmente desesperador, ver pessoas que nunca tiveram boas oportunidades na vida, crianças estudando em construções de madeira, na beira de um rodovia federal abandonada.

As crianças do Amazonas têm sido esquecidas, temos visto pessoas que foram ensinadas a sonhar pouco, sonhar com o possível apenas. Faculdade? carro? viagens? Esses sonhos estão cada vez mais em extinção aqui. Ninguém se interessa pelos sonhos de uma criança humilde, criada para não sonhar, e ainda por cima ser contente com tudo, são cenas que destroem qualquer um. Temos lutado fisicamente sim, mas emocionalmente muito mais, ver o que vimos nos prova que temos tudo, absolutamente tudo, e infelizmente, existem centenas de pessoas, também amazonenses, que nada tem.

Nosso povo é um povo bom, somos hospitaleiros, ajudadores, e esperançosos, até hoje acreditamos em promessas e ainda saímos para trabalhar sorrindo, acreditando que estamos fazendo a nossa parte, aguardando um futuro melhor, uma educação melhor, saúde e principalmente segurança. E mesmo cheios de expectativas e com recursos limitados, muitas vezes paramos para ajudar nossos irmãos amazonenses. Temos visto essa bondade todos os dias ao caminhar pela BR-319.

Temos certeza que em Manaus, e em todos os lugares do país, existem críticas a respeito do que estamos fazendo, sempre com a mesma pergunta sem fundamento de sempre: “Por que não fizeram isso antes?”. Primeiro que não existe dívida histórica, não podemos responder por todos os problemas do Amazonas e do Brasil, e outra; já pararam para pensar que QUALQUER pauta da sociedade poderia ter sido reivindicada antes?  Não poderiam por exemplo, ter tirado o PT do poder à época do mensalão? Não poderiam ter ido para as ruas antes? Ter gritado antes? No final do dia você descobre que qualquer coisa poderia ter sido feito antes, e as coisas acontecem no momento que devem acontecer.

É por isso que essa caminhada aconteceu, por que não estamos preocupados se é tempo ou não é tempo, se está na hora certa ou não. Somos nós que escrevemos a nossa própria história, e todos nós decidimos lutar por um Amazonas melhor, um Amazonas que será grande novamente!I