fbpx
Análise Econômica » Destaque
Reforma terá mudanças nas regras trabalhistas para jovens

Proposta para uma alteração no modelo do regime trabalhista ao jovem.

06/02/2019 08h30

No contexto da reforma da previdência, Paulo Guedes afirmou ao Globo que será apresentada uma proposta nas próximas semanas para uma alteração no modelo do regime trabalhista vigente ao jovem. A perspectiva é de que novos ingressantes ao mercado de trabalho possam escolher entre as regras atuais do regime trabalhista ou optarem a um modelo mais flexível ante o regime “celetista”.

Em explicação ao Portal 360 Guedes relata: “O novo regime não tem legislação trabalhista. O jovem tem o direito de escolher. Porta da esquerda: carta del lavoro, justiça trabalhista, sindicato, você tem proteção, você tem tudo, as empresas têm que pagar, mas quase não tem emprego. É o sistema atual. Porta da direita: novo regime trabalhista e previdenciário, não tem nada disso, se seu patrão fizer alguma besteira com você e te tratar mal, vai pra justiça comum, é privado, privado, privado

A mudança do modelo trabalhista deve seguir em conjunto com a reforma da previdência, ressalta Guedes: “Com um ano e meio todo mundo vai olhar e ver que, ao contrário do que acontece no mundo inteiro, com 50% dos jovens desempregados, aqui vai ter 100% dos jovens empregados. As pessoas vão ver dois sistemas funcionando que, como o Jair Bolsonaro disse: um tem muitos direitos e poucos empregos, o outro tem menos direitos e muitos empregos“.

Guedes deu alguns detalhes sobre o modelo de capitalização. Segundo o ministro, o trabalhador poderá dispor parte dos recursos acumulados, durante sua acumulação, quando ficar desempregado ou estiver com necessidades médicas. O trabalhador irá escolher a instituição de cuidará dos recursos e caso ele não tenha composição mínima, ou suficiente, para se manter na época da aposentação o governo promoverá um programa de manutenção assistencial com uma renda mínima para complementar o valor deficitário.

Informações: O Globo.

Administrador, Jornalista, Professor e Pesquisador. Graduado em Administração e Comércio Exterior. Pós-graduado em Direito, Docência e Gestão Pública. Mestre em Economia pela UnB.