fbpx
Brasília
GDF deve estar esbanjando dinheiro

Projeto de lei pode aumentar salário de servidores da CLDF.

21/06/2019 20h36 - Por Jonas Fernandes e Kdu Sena

O GDF de 2019 começou cheio dívidas, com saldo no limite e com várias incertezas, no entanto alguns servidores da Câmara Legislativa (CLDF) parecem bem confortáveis quanto ao gasto do dinheiro público. Na manhã de terça-feira (18), foi discutido o projeto de lei que prevê reajuste na remuneração de 250 servidores, gerando um custo anual de R$ 6 milhões.

De acordo com o texto, a mudança ocorrerá nos padrões dos cargos de Assistente Legislativo e Auxiliar Legislativo. No primeiro, os salários de Padrão 1 são de R$ 7.500,15 e passariam a ser R$ 8.278,76. Para o segundo, o salário saltaria de Padrão 1, R$ 5.030,29, para padrão 5, R$ 5.552,50. Contando os 3 anos de reajuste, os valores chegam a R$ 20 milhões de reais.

“Trata-se de minuta ainda em análise para evitar processos de desvios de função por interpretação” afirmou o presidente da CLDF, Rafael Prudente (MDB), ele repetiu que a Mesa Diretora não aprovará aumento de despesas com pessoal.

A Câmara Legislativa está a 0,01% de extrapolar o teto da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) quanto a despesas com pessoal. Caso sobrecarregue suas contas, ficará impossibilitada a contratação dos aprovados do concurso realizado no final de 2018.


Fonte: Metrópoles.