fbpx
Brasília
Fábio Félix propõe pôr nome de Marielle Franco em praça

Sugestão vai a audiência pública no dia primeiro de abril

02/03/2019 19h32

Revisão: Kdu Sena 

O deputado distrital do Psol, Fábio Félix, propôs que o nome da ex-vereadora Marielle Franco, assassinada há quase um ano, fosse colocado no espaço localizado na frente do metrô na Galeria dos Estados, no Plano Piloto. Será realizada uma audiência pública sobre o tema na sala de comissões da Câmara Legislativa do DF para debater o projeto de lei, no dia 1° de abril.

Marielle teria sido assassinada por defender as minorias, é o que ele diz no trecho de seu discurso divulgado pela imprensa da CLDF: “Marielle foi uma grande defensora dos direitos sociais e da população mais vulnerável. Foi brutalmente assassinada por defender os direitos das mulheres, do povo negro, dos LGBTs”. 

O debate público para o prosseguimento do projeto é, além de democrático, obrigatório. A lei que regulamenta o nomeamento é a Lei no 4.052/2007, que diz que nomes de falecidos apenas podem ser dados a ambientes públicos se eles tiveram destaque “nos diversos campos do conhecimento humano, como cultura, educação, artes, política, filantropia e outros”. A fim de obedecer à lei, os que estão a favor do projeto devem argumentar de que forma Marielle deixou um legado na política brasileira. 

Fonte: Imprensa CLDF.