fbpx
Brasília » STF
Ex-Candidato a governador do DF é alvo da PF em investigação de Fake News

Ministro Alexandre de Moraes, em mesmo inquérito relacionado à censura, expediu os mandados de busca e apreensão.

16/04/2019 15h49

Reportagem: Jonas Fernandes
Revisão: Kdu Sena

A Polícia Federal cumpre, nesta terça-feira (16), mandados de busca e apreensão emitidos pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). A ação ocorre no âmbito do inquérito que investiga “ataques e fake news” à corte, que causou polêmica essa semana ao censurar o site de notícias “o Antagonista” e a revista “Crusoé” em matéria que ligava o presidente do STF, Dias Toffoli, à Odebretch.

Os mandados são cumpridos em São Paulo e em Brasília. Em Brasília, um dos alvos é o general da reserva Paulo Chagas, que foi candidato ao governo do Distrito Federal pelo PRP.

Constantemente, Paulo Chagas tecia severas críticas à suprema corte, tanto em seu blog quanto no Twitter, em que ele têm altas taxas de resposta. Ele não estava em casa quando as equipes policiais chegaram. Por meio das redes sociais, o general deu um parecer relatando o ocorrido. As equipes chegaram pouco depois das 6 horas desta terça-feira (16).

“Caros amigos, acabo de ser honrado com a visita da Polícia Federal em minha residência, com mandado de busca e apreensão expedido por ninguém menos do que o ministro Alexandre de Moraes. Quanta honra! Lamentei estar fora de Brasília e não poder recebê-los pessoalmente” publicou Chagas.

A medida causou imediato mal estar ante a sociedade e exacerbou a preocupação do General Eduardo Villas Bôas que disse estar “preocupado” com a operação de busca e apreensão contra seu seu colega Paulo Chagas. “Conheço muito o general Paulo Chagas. Amigo pessoal meu e confesso que estou preocupado. Vamos acompanhar os desdobramentos disso”. declarou Villas Bôas ao Estadão.

Fonte: Correio Braziliense; O Antagonista; e G1.

STF
Administrador, Jornalista, Professor e Pesquisador. Graduado em Administração e Comércio Exterior. Pós-graduado em Direito, Docência e Gestão Pública. Mestre em Economia pela UnB.