fbpx
Brasília
É realizada primeira cirurgia de separação craniana de gêmeos siameses do DF

A operação foi um sucesso, ocorreu nesse sábado (27)

29/04/2019 16h01

Revisão: Kdu Sena

Ocorreu, durante esse último fim de semana, no hospital da Criança de Brasília, um procedimento inédito, jamais visto igual no Distrito Federal. Foi realizada uma cirurgia de alta complexidade de separação de gêmeas siamesas de 11 meses de idade unidas pelo crânio.

O caso das meninas, de craniopagia, é considerado raro na medicina, sendo o terceiro ocorrido no Brasil, e o décimo no mundo. A Secretaria de Saúde afirmou hoje (29) que as gêmeas passam bem. A operação durou por volta de 20 horas, teve 36 etapas e envolveu 50 profissionais, entre médicos brasileiros e estrangeiros.

Após o nascimento das gêmeas, em junho de 2018, no Hospital Materno-Infantil, percebeu-se que elas estavam ligadas pela testa, e dividiam parte do crânio e meninge, membrana que reveste o cérebro. Para a preparação da separação das meninas, foram feitas reuniões, estudos de outros casos, análises de exame e até construções de moldes tridimensionais da cabeça das crianças.

Fonte: Correio Braziliense e G1.