fbpx
Brasília
Diretor do BRB Card é destituído de seu cargo por crimes contra o sistemas financeiro

Laécio Barros Júnior é réu em dois processos no TRF1

26/04/2019 17h40

Reportagem: Jonas Fernandes

Revisão: Kdu Sena

Decisão tomada pelo BRB na segunda-feira (22), conforme apuração do jornal Metrópoles, destituiu Laécio dos cargos de Diretor do BRB Card e de conselheiro da corretora de seguros da empresa.

A primeira ação penal movida contra o réu foi quanto à liberação de um empréstimo de R$ 8 milhões para construção de um edifício em Taguatinga Norte. Segundo o Ministério Público Federal (MPF), o problema foi o fato de a empresa não ter capacidade econômico-financeira para cumprir o acordo. A autorização para o empreendimento foi baseada em parecer do gerente da agência do Guará II, aprovado no dia 17 de março de 2019, pela Diretoria administrativa do BRB, da qual Laécio é membro.

A segunda ação, que tramita na 10ª Vara do Tribunal, aborda a concessão de créditos a cooperativas de transporte sem atenção a requisitos legais entre 2008 e 2010. O responsável pelo caso é o juiz Vallisney de Souza Oliveira.

Não se tem informação sobre quem ocupará o cargo de Diretor de Tecnologia e Finanças da BRB Card, antigo cargo de Laécio. Em entrevista ao Metrópoles, o BRB não se manifestou sobre o caso, no entanto afirmou que Laécio era funcionário há 30 anos.

Fonte: Metrópoles

BRB