fbpx
USPiana, católica, mãe de pet e aficionada por educação e política.
RenovaBR: Ivy League da política brasileira

Financial times, MBL e renovação política.

19/09/2019 09h16

Hoje falaremos de renovação? Sim, mas também sobre a notícia que está circulando desde ontem cedo no Financial Times, sediado em Londres.

Já é possível observar que a política brasileira esta cada dia mais virando alvo dos olhares internacionais, entretanto dessa vez não mostraram nossos políticos corruptos e ineficientes, mas sim a onda de renovação que o RenovaBr trouxe e está trazendo.

A primeira versão do texto publicado ontem pelo site afirmou que Jorge Paulo Lemann era um dos financiadores do RenovaBR – CLARAMENTE – depois desta afirmação a internet foi a loucura e não demorou para que uma nota fosse enviada e o site retificasse:

Depois da alteração da matéria, que o Paulo NÃO financia o RenovaBR ficou bem claro, mas tem uma figura icônica do nosso país que divulga e foi um grande incentivador da criação do Renova: Luciano Huck.

A lista de doadores da escola de renovação política fica disponível em seu site: renovabr.org. A lista conta com nomes de famílias como Moreira Salles, Setubal, Garfinkel e Botelho Bracher. O valor de cada contribuição não é público.

Para conduzir a narrativa do texto, o FT escolheu uma das “Renovetes” eleitas em 2018 – a Deputada Federal Tabata Amaral, trazendo ela como a persona que representa uma brisa em meio ao atual governo. Pra você que não está familiarizado, Tabata tem 25 anos, estudou em Harvard e foi eleita pelo estado de São Paulo, sendo sua principal pauta a EDUCAÇÃO.

O Financial Times, desenha Tabata Amaral como a estrela em ascensão da política brasileira, mas não esquece de falar que a estrela da renovação, filha do RenovaBR, também é “filha” de um partido político tradicional – PDT do Ciro Gomes.

O RenovaBR:

Como todo bom empreendimento, o Renova veio de uma demanda da população no momento em que todos desacreditavam nas organizações públicas, elites políticas e partidos, Eduardo Mufarej, fundou a primeira escola de políticos do Brasil, que tem como objetivo selecionar pessoas comuns dispostas a se qualificar para atuar na política, que nunca antes foram eleitos para cargos públicos.

A formação de lideranças e engajamento cívico começou em outubro de 2017. Sua primeira turma contou com 133 selecionados, sendo deles 17 eleitos: um senador, nove deputados federais e sete deputados estaduais. A maioria dos eleitos são do Partido NOVO, mas também tem representante do PDT como Tabata Amaral e do PSB como Felipe Rigoni.

RenovaBR Cidades e o MBL:

A nova turma do Renova é constituída por potenciais candidatos para o pleito municipal de 2020, foram mais de 31 mil inscritos de todas as regiões do Brasil, representando 445 cidades.

Entre as 1.400 pessoas selecionadas no RenovaBr Cidades existem filiados do partido NOVO, Rede, PSB, MDB, PSOL e PT. Outro dado importante da formação da turma é que 31% são mulheres dispostas a pleitear um cargo na gestão municipal de 2020 – Só dando um spoiler para vocês, eu sou parte desta estatística.

O renova é apartidário e cobra dos seus estudantes compromisso, ética, boas práticas, transparência, combate a privilégios e transparência, tudo isso independente de ideologia. Importante ressaltar que o Renova não forma bancada – a votação da reforma da previdência na Câmara foi o melhor exemplo disso.

Com os valores que o RenovaBR possui, não é de se espantar que alguns membros do Movimento Brasil Livre – MBL, após a mudança na orientação política do movimento – Aproveite para conhecer o MBL 3.0 aqui – se inscreveram e foram selecionados para fazer parte desse processo de formação.

Entre os selecionados tivemos:

  • EU – Júlia Machado, representando a cidade de Mogi Guaçu, coordenadora do MBL Estudantil,
  • Renato Batista – São Paulo, MBL Nacional,
  • Marcio Colombo – Santo André, MBL grande ABC,
  • Thomaz Henrique – São José dos Campos, MBL SJC;
  • Heitor Palharini – Cuiabá, MBL Cuiabá;
  • Bruno Sansana – Santo André, MBL grande ABC;
  • Tales Meirelles – Taubaté, MBL Taubaté;
  • Gabriel Zanon – Itajaí, MBL Santa Catarina,
  • Aecio Rodrigues – Cuiabá, MBL Cuiabá;
  • Breno Panetto – Vitória, MBL Vitória;
  • Luis Bená – Piracicaba, MBL Piracicaba.

Independente do choque de ideologias que os eleitos do RenovaBR possuem, a primeira escola de formação política do Brasil traz a ideia que política é lugar de gente talentosa que quer unir sociedade e política entorno do propósito de formar ótimos políticos e melhores cidadãos, ou seja, lideranças efetivas.

Hoje a política está se tornando um espaço colaborativo e diverso, trazendo para sociedade melhorias pensadas para tomada de decisão do futuro. Torcemos para que as futuras lideranças levem para dentro do Legislativo e do Executivo a moral e a ética que o RenovaBR prega em sua formação.

“Todo poder emana do povo e em seu nome deve ser exercido através de representantes eleitos” – Constituição de 1988