fbpx
Estudante interrompido, músico frustrado, cozinheiro irregular e fundador (e membro mais controverso) do MBL - Movimento Brasil Livre.
Isolados: até Estados Unidos compram a narrativa de Macron. Como isso pode prejudicar o Brasil?

Isolados, podemos ver nossa recuperação econômica abalada por um boicote à agricultura brasileira

23/08/2019 17h28

Era esperado. Os Estados Unidos — supostamente “aliados” do governo brasileiro contra o globalismo internacional — aderiram à histeria de seus colegas europeus sobre os incêndios na Amazônia.

Em nota de funcionário da Casa Branca, o governo americano parece estar ‘profundamente preocupado’ com as queimadas na floresta. A declaração, genérica por natureza, não veio acompanhada de fotos antigas ou de girafas no bioma brasileiro. Mas é revestida de um significado até mais preocupante: mostra que o Brasil está sozinho nesta briga.

Num ataque narrativo dos mais sofisticados, mesclando celebridades, chefes de estado e veículos de imprensa, o Brasil se comporta como o inimigo perfeito. Bolsonaro veste todas as carapuças possíveis, enquanto expõe setores fundamentais da nossa economia à sanha de seus concorrentes.

As respostas não são calculadas; o Itamaraty, órgão de excelência, não foi capaz de desenhar estratégia eficaz para conter o problema. O abestalhado Ernesto Rodriguez, que ocupa o posto por suas credenciais de olavete, prefere resolver a briga no twitter ao invés de preparar o país para a briga.

É um 7×1 narrativo. Enquanto sonhamos em resgatar o ocidente, Donald Trump amplia as exportações de carne para a UE, roubando mercado de seus concorrentes brasileiros. Na hora da confusão, amigos, não há amizade com Eduardo Bolsonaro. A inépcia da inteligência política brasileira, mais focada em propaganda interna, choca-se fatalmente com a realidade. Sofremos todos.

Volto a repetir: há uma campanha em curso contra o Brasil. Uma campanha que poderíamos driblar e evitar não fosse a falta de inteligência de nossos líderes.

Isolados, podemos ver nossa recuperação econômica abalada por um boicote — sabotagem, pra ficar mais claro — à agricultura brasileira. Incêndio maior que este, não poderíamos esperar.