Blog do Russo
Jornalista e professor de filosofia.
Caminhoneiros assumem controle da Petrobras
O chicote dos motoristas estala no lombo presidencial, que obedece traumatizado por 2018

Em um ano, o óleo de soja ficou 96% mais caro. O óleo diesel, 2% mais barato, de acordo com o IPCA de janeiro. A Agência Nacional do Petróleo calcula que o diesel encareceu 2% de fevereiro de 2020 para cá.

Caminhoneiros na Petrobras
Caminhoneiros na Petrobras (Andre Coelho/Bloomberg)

Olhando mais de longe, vemos que desde de 2016 o óleo de soja ficou 123% mais caro; o arroz, 67%. Enquanto isso, o óleo diesel encareceu 23% no mesmo período. Existe alguma movimentação do presidente para tentar interferir nos preços do arroz e óleo de soja? Não.

A explicação é simples: os caminhoneiros assumiram o controle da Petrobras. Enquanto o gado acredita que Jair Bolsonaro tomou as rédeas da estatal para controlar a alta nos preços, os caciques que comandam os caminhoneiros estalam o chicote no lombo presidencial.

Tomado pelo medo da paralisação dos motoristas de caminhão que ocorreu em 2018, o chefe do Executivo abrirá as pernas para o setor – as consequências? Já sofremos. Os preços não irão reduzir, a estatal será desvalorizadas e, ao final, os caminhoneiros continuarão ameaçando parar o Brasil.

Você está sendo roubado! O sistema usa o seu dinheiro, abusa de privilégios e cria leis para se blindar. O MBL vai na contramão desse sistema, lutando contra o Foro Privilegiado, Fundão e na defesa da prisão em segunda Instância e reformas. A batalha é desequilibrada, nós só podemos contar com você. Doe para o MBL clicando aqui.
continua em outra matéria