Blog do Renan Santos
Estudante interrompido, músico frustrado, cozinheiro irregular e fundador (e membro mais controverso) do MBL.
Olavo detona Bolsonaro e expõe racha
Vídeo do guru conservador mostra novo caminho sendo adotado...

Em vídeo publicado na noite do último domingo(21), o guru conservador Olavo de Carvalho deixou claro seu descontentamento, e firmou discurso independente do Bolsonarismo e do governo federal.

Olavo se disse "personagem central de toda a história", reclamou da ausência de apoio e afirmou existir "mais de 100 mil páginas" de acusações ("óbviamente infundadas") contra ele. Disse ser alvo da "maior perseguição que um indivíduo já sofreu na história da humanidade", e atribuiu a si próprio a "construção de uma oposição à esquerda no Brasil". O homem é ambicioso.

Ajude a manter o MBL na luta!

O vídeo se encerra com um pedido: Olavo quer que compilem todas as acusações e ataques que recebeu ao longo dos últimos anos. Crê que a memória da "perseguição" recebida ajudará a tal direita a se defender, inclusive, dos "ataques do STF".

COMENTO

Olavo não está maluco, ainda que o exercício ególatra do vídeo denote algo de problemático em sua personalidade. O guru crê ser o alpha e o ômega da direita brasileira, reduzindo seu parceiro político, Jair Bolsonaro, a consequência menor de suas aventuras.

Ajude a manter o MBL na luta!

O tom é de lamento; Olavo pede mais "apoio", desanca seus aliados e se estabelece como estrela maior daquilo que chama de direita. Até se faz de cordeirinho, dizendo querer apenas uma divisão de poder entre esquerda e direita num país dominado pelo que chama de "totalitarismo" da turma vermelha.

É tudo, como sabemos, papo furado. A razão do vídeo é só uma: Olavo prepara o desembarque dele e de sua militância do governo Bolsonaro e busca se firmar, para uma massa de jovens problemáticos, como guia único em meio ao mar revolto espiritual em que se encontram.

A importância da movimentação é grande, visto que reforça o clima de insatisfação e certa independência na militância olavista nos últimos dias. O guru e os seus não pretendem sair de mãos abanando. Mais: em caso de debandada, levarão consigo a militância e a prerrogativa "revolucionária" no discurso do presidente. O que restará de Bolsonaro, ao fim, será apenas a mentalidade miliciana e corporativista - sua verdadeira natureza.

Em artigo publicado na Gazeta do Povo, intitulado "Olavo devorou o presidente", tratei desta debandada. Não é uma mera "saída". Olavo e os seus preparam uma tomada - rapinagem pura - do que resta de militância, público e apoio na sociedade civil para o governo. Deixarão Bolsonaro desprotegido.

Ajude a manter o MBL na luta!

O sinal é claro: com Weintraub pintando como "mártir" da militância, e com redes sociais bem estabelecidas, o olavismo pode se construir como fenômeno cultural e político autônomo ao bolsonarismo, não dependendo da popularidade do presidente para existir. Carregará consigo o discurso revolucionário costumeiro, tornando Bolsonaro mero politiqueiro em busca de sobrevivência em meio aos tubarões da política brasileira.

Não é possível cravar que sobreviverão incólumes; as apostas são altas, até porque boa parte de seus principais militantes poderão ser expostos e presos. O destino, porém, soa mais duradouro para os especialistas em roubar almas do que para os experts em roubar dinheiro de gabinente.

Ajude a manter o MBL na luta!

A se ver...

Você está sendo roubado! O sistema usa o seu dinheiro, abusa de privilégios e cria leis para se blindar. O MBL vai na contramão desse sistema, lutando contra o Foro Privilegiado, Fundão e na defesa da prisão em segunda Instância e reformas. A batalha é desequilibrada, nós só podemos contar com você. Doe para o MBL clicando aqui.
continua em outra matéria