fbpx
Lava-Jato
TRF nega soltura de ex-gerente da Transpetro, preso pela Lava Jato na Bahia

Parte do dinheiro foi desviada para políticos do PT na Bahia.

26/03/2019 13h59

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), segunda instância para casos da Lava Jato iniciados na Justiça do Paraná, negou o pedido de liberdade solicitado pela defesa do ex-gerente regional da Transpetro, José Antonio de Jesus.

Preso na 47ª fase da Lava Jato, a Operação Sothis, o ex-gerante da Transpetro estava preso preventivamente desde novembro de 2017. Em julho do ano passado, o ex-gerente foi condenado a 12 anos de prisão.

O juiz federal Danilo Pereira Júnior explicou que não houve ilegalidade na prisão. Ele pontuou que o ex-gerente não deveria ser solto já que não houve rastreamento e recuperação dos R$ 7 milhões desviados. Parte do dinheiro, como o ex-gerente havia revelado à Justiça, foi desviada para políticos do PT da Bahia.

Ano passado, através da operação da Polícia Federal “Sem Fundo”, a Lava Jato havia cumprido 15 mandados de prisão, em apuração de suposto superfaturamento na sede da Petrobras em Salvador. Entre os mandatos executados, tinha o ex-secretário de Desenvolvimento Urbano no governo de Jaques Wagner (PT), Manuel Ribeiro.

Informações: Metro1, Correio24horas.

Bacharelando em Relações Internacionais. Produzo artigos no Neoiluminismo.com. Um sionista entusiasta da filosofia.