fbpx
Salvador
Falta de coleta seletiva resulta em praias impróprias para banho na capital baiana.

Boletim do Inema aponta mais 28 praias improprias para banho no litoral da Bahia neste fim de semana.

24/08/2019 11h43

Um balanço divulgado na sexta-feira (23) pelo Instituto do Meio-Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) aponta que 28 praias estão impróprias para banho neste fim de semana, no litoral da Bahia. Além de Salvador, praias da Baía de Todos-os-Santos, Costa dos Coqueiros, Costa do Dendê e Costa do Cacau foram consideradas impróprias pelo órgão.

De acordo com o órgão, a rede amostral de monitoramento da balneabilidade no estado atualmente é composta por 133 pontos, distribuídos em toda a costa baiana. As amostras de água para análises da balneabilidade são coletadas semanalmente, no período da manhã, em locais com maior concentração de banhista.

No período em que o tempo estiver chuvoso, as praias podem ser contaminadas por arraste de detritos diversos, carregados das ruas através das galerias pluviais, podendo causar doenças. Além disso, é desaconselhável, ainda em dias de sol, o banho próximo à saída de esgotos, desembocadura dos rios urbanos, córregos e canais de drenagem.

A praia é considerada imprópria quando mais de 20% das amostras coletadas em cinco semanas consecutivas, apresenta resultado superior a 1.000 coliformes fecais ou 800 Escherichia coli, ou quando, na última coleta, o resultado for superior a 2.500 coliformes termotolerantes ou 2.000 Escherichia coli ou 400 enterococos por 100 mL de água.

Fonte das informações: G1 Bahia

23 anos. Apaixonada por psicologia criminal, pelo liberalismo econômico e pelo objetivismo.