fbpx
Bahia
Dayane Pimentel é mais uma vez causa de insatisfação de correligionários

“A decisão sobre quem entra ou sai do partido não passa por eles”, disse Dayane Pimentel

26/02/2019 14h28

Deputados estaduais do PSL, Capitão Alden e Talita Oliveira, uma vez mais manifestaram insatisfação com a conduta da deputada federal e presidente do PSL-BA, Dayane Pimentel. O caso agora se deve ao fato de Dayane Pimentel não haver comunicado aos deputados a filiação do deputado estadual Pastor Tom ao PSL.

Em nota os deputados disseram que tomaram conhecimento da filiação somente pela imprensa e que gostariam que a presidente do partido houvesse comunicado, inclusive para que pudessem fazer a recepção adequada e tratar do funcionamento da bancada na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) com o deputado e acrescentaram que, mais uma vez, a deputada federal passou por cima dos demais representantes do partido.

Em sua defesa, a presidente do PSL-BA, Dayane Pimentel, publicou nota dizendo que “a alegria em receber mais um deputado estadual deveria ser maior que objetivos individuais”. Ainda, disse possuir e-mails que comprovam haver convidado o Capitão Alden, que, segundo ela, ficou responsável por comunicar sobre a reunião à deputada Talita Oliveira. Disse ainda que não cabe a eles a decisão sobre quem entra ou sai do partido. Finalizou dizendo que remarcará reunião com os deputados.

Informações: BNews.

Natural de São Paulo, mas residente em Salvador, é ouvinte de Alborghetti desde 2005, leitor de Olavo de Carvalho desde 2007 e membro do MBL-BA e articulista para assuntos chineses do MBL Nacional desde 2019. Suas principais influências na escrita e no pensamento são Oscar Wilde, Camilo Torres, Arthur Schopenhauer, Roger Scruton, Santo Agostinho, Machado de Assis e outros.